Decreto nº 2.165 de 25 de janeiro de 2021 dispõe sobre o funcionamento de igrejas, templos religiosos e afins

decreto2165-2021

1 Comentário. Deixar novo

Como é possível proibir que as Igrejas sejam abertas no momento de perdas, tristezas, depressões e ansiedades. São nas igrejas que as pessoas buscam refúgio, alento, palavras de conforto, confiança, fé, consolo e respeito. E por que nos transportes públicos as pessoas podem andar colocadas umas nas outras, lá os virus, as cepas não estão? Dentro das latas de sardinhas que são os transpotes no Brasil a covid19 tira folga lá a contaminação não ocorre?
As escolas, o futebol podem funcionar, os bares e restaurantes fecham? A cracolandia e os pancadões podem acontecer? As lojas, os shoppings e repito igrejas fecham?
São muitas coisas esquisitas, incompreensíveis e sem consulta prévia à populaçao, comerciantes r empresário. O que dar a entender é que os vírus estão aonde as autoridades que é que estejam ou não. Mas, um lembrete: O virus da Covid19 está nas igrejas, nos shoppings, nas lojas, nos bares, restaurantes e nos encontros familiar. Este vírus e cepas. Porém ele vírus e as cepas não estão nos transportes coletivos, na cracolandia, nas escolas, nos pancadões, nas festas clandestinas o vírus tem horror a estes lugares, visão autoritária e arrogante.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *